18.5.09

Empadão (de restos) de frango e legumes salteados...



O que fazer a uns restos de frango estufado e algum frango assado que estavam há uns dias no frigorífico? Empadão, pois então. Complementa-se o franguito com um pouco de arroz e alguns legumes, e ficamos com uma refeição de lamber os dedos...

Fiz assim:

Comecei por cozer o arroz (a quantidade é regulada a olho, mas tem de ser suficiente para colocar no fundo do tabuleiro e cobrir o recheio do empadão).

Depois, desfiei os restos de frango (eram uns três ou quatro peitos a que ninguém quis pegar).

Numa frigideira alourei, num pouco de azeite, uma cebola grande, picadinha, temperada com sal e pimenta.

Juntei-lhe uma courgete, um pimento vermelho e três tomates chucha, tudo aos cubinhos. Retifiquei o sal e pimenta e misturei-lhe o frango.



Depois untei um tabuleiro com um pouco de margarina e cobri-lhe o fundo com metade do arroz.

Por cima coloquei a mistura do frango com legumes e tapei tudo com o arroz restante.



Pincelei com um ovo batido e levei ao forno a 200º até ficar douradinho.

Acompanhado com uma salada verde, ficou uma delícia!!

3 comments:

receitasdapiteca said...

Bem bom amiga!! Há que ter imaginação! Isto está muito mau para se andar a estragar comida! :)
Deve ter ficado uma delícia esse empadão!
Bjcas.

angela said...

olá! adorei o teu empadão. Boa sugestão para os restinhos que ficam no frigorífico. já agora como fazes o arroz tão soltinho? tem a ver com a qualidade do arroz? eu neste momento utilizo o vaporizado, mas ainda assim não fica como o teu...beijos e parabéns adoro a música do teu blog

Soraya said...

Nem mais Piteca, não há que estragar nada. Eu tento sempre aproveitar tudo.

Ângela, há já alguns anos que eu só uso arroz Uncle Ben's. Eu sei que é um bocadinho mais caro, mas compensa, porque fica sempre assim, branquinho e solto e como uma caixa de 2kg geralmente dá-me para um mês, nem fica assim tão caro.
Só para outras utilizações é que uso outros tipos, por exemplo, para o arroz doce, ou risotto, aí uso aquelas variedades que agora próprias.
Experimenta.