27.8.07

Lentamente... muiiito lentamente...

hiupiiii, consegui, já cá tenho uma crok-pot. Não sabem do que estou a falar?

Eu passo a explicar:

Como algumas de vocês já sabem adoro utensílios novos para a cozinha. Sou doida por novidades, ou artigos originais. Ora de há algum tempo para cá andava obcecada em procurar uma panela eléctrica, muito usada nos Estados Unidos, a que chamam slow-cooker ou crok-pot, ou, em português panelas de cozimento lento.

Depois de muitas buscas, encontrei finalmente uma à venda na loja on-line de artigos Angel Touch, que podem ver aqui. Bastou um telefonema, e em dois dias já a tinha cá em casa.

Muito resumidamente esta panela serve para cozinhar todos os tipos de alimentos a uma temperatura muito baixa a um ritmo muito lento (pode durar até 10 horas). A grande vantagem é que podemos juntar lá dentro, de manhã alguns ingredientes (as peças de carne grande, ou os cortes menos nobres e mais duros cozinham muito bem aqui), e quando chegamos a casa ao fim da tarde, temos uma refeição prontinha a comer, com o mínimo de esforço.
Sei que com a crok-pot não vou de certeza preparar cozinhados gourmet, mas tenho a certeza que a mesma me vai dar imenso jeitinho quando a escola começar e tiver de conciliar trabalho, com escola, ginástica, etc., etc., etc....
Entretanto andei a fazer pesquisas na net e já encontrei dezenas de sites (alguns até com videos) com receitas para ir experimentando, e também adaptando ao nosso gosto.

Para começar, experimentei fazer umas moelinhas guisadas em tomatada, que ficaram uma delícia. A carne ficou super macia e o molho muito gostoso.

Fiz assim, arranjei muito bem 1 kg de moelas que deixei a marinar de um dia para o outro com sal, pimenta, alho, louro e vinho branco. No dia seguinte deitei-as para a panela, com a marinada, e juntei-lhes 1 lata de tomate pelado das grandes, uma cebola picada e um pacote de sopa de cebola. Mexi tudo. Tapei a panela e deixei cozinhar na temperatura "low" durante 7 horas. No fim deste tempo, estavam super macias, com o molho muito aveludado, e muito gostosas. Depois foi só fazer um arroz e uma salada e o jantar estava pronto.
Mais simples, impossível.


20 comments:

anna said...

Estas panelas assustam-me um bocadito...
Mas lá que as moelinhas estão com muito boa cara, lá isso...
Beijokas.

Soraya said...

Anna, penso que não há razão para ter medo, até porque ela mantém uma temperatura muito baixa e sempre constante, os alimentos nunca fervem. E já se diz, quem não arrisca, não petisca. Não é?

Dita said...

Adorei a ideia mas diga-me por favor se ésta panela só cozinha carne.
Bjs

Sonhadora said...

É altura para dizer: "a passinho de caracol se faz o jantar..." as moelas tem um aspecto óptimo, já tinha ouvido falar desse tipo de panelas mas nunca tinha visto nenhuma... parabéns foi uma boa aquisição.

Marizé said...

Essa ideia de chegar a casa e ter o jantar pronto, é muuuuuuiiiito tentadora. Vou "cuscar" sobre essa panela. E as moelinhas foram uma excelente inalguração.

Elvira said...

Bela panela! :-)

Soraya said...

Realmente tenho algumas dúvidas quanto à confecção de peixes na crok-pot, mas vou-me aventurar com alguns guisados de lulas ou de choco, ou até mesmo de bacalhau. Ou seja, coisas mais "consistentes". Depois conto-vos as minhas aventuras. O pior que me pode acontecer é ter de encomendar uns franguitos assados à última hora para o jantar....

Migas said...

Bem, essas moelas estão com um excelente aspecto! É daqueles pratos que só como mesmo se forem caseirinhas...Que delícia! :o)
Quanto à panela, estou como a Anna, faz-me um bocadinho de confusão sair de casa e deixar o jantar a cozinhar mas também confesso que nunca tinha ouvido falar nesse tipo de panela. Aguardo mais experiências!

Bjos

Marcia said...

As moelas devem ter ficado deliciosas. O meu problema é ter 10 horas para vigiar a panela.

Soraya said...

Marcia, o propósito destas panelas é exactamente que não tenhamos de as vigiar, para assim ficarmos com mais tempo livre para fazer outras coisas. Se fizer uma busca no google por "slow cooker" vai encontrar dezenas de sites a explicar tudo sobre este assunto.

anna said...

Também te adicionei...
Beijokas.

Natércia said...

Menina é caso para dizer que panela.um bjs Natércia...

kini said...

Fiquei muito interessada nesta panela!!!!!
Já vai para uma década ,que tenho uma panela electrica,onde gosto muito de fazer arroz.
Tenho que me informar mais sobre esta.
Bjs

Romy said...

que utensílio maravilhoso Soraya... tenho de pesquisar mais sobre essa maravilha ;-)

obrigada linda :-D

Elsa said...

olá.
achei a panela muito interessante, só há uma duvida que ponho em equação, que é a seguinte: será que em termos de gastos energéticos e tendo como exemplo as moelinhas, que de facto têm optimo aspecto, no final não irão saber a custos de caviar?
Beijinhos princesa.

Soraya said...

Mãe, ela consome muito pouco, apenas 320w. Estive a comparar com outros electrodomésticos e vi que a varinha mágica consome 500w, a torradeira 700 e a bimby 1500.
Beijinhos

Romy
Penso que a Angel Touch é a única firma no país que importa uma crok deste tamanho. Há uns meses encontrei uma no El Corte Inglés, da marca Morphy Richards mas era muito pequena e custava o dobro desta. Quem estiver interessada pode ver a página desta empresa no link que tenho no blog.

scalabis said...

Quando se teve a felicidade de provar algum prato cozinhado numa panela de ferro sobre as brasas, que cozinha durante horas deve dar-se vivas a este utensílio. É que não é a panela de ferro mas sim a cozedura lenta e a baixa temperatura o segredo de tão gloriosos petiscos!
Continue a dar-nos conta da suas aventuras.
Acho que o meu Pai Natal vai ter mais um desejo na lista!

RUTE said...

Olá Soraya,

pelos vistos não sou eu que gosto de máquinas de cozinha :-))

Desconhecia essa do slow cooking. Quase que se assemelha ao meu forno solar na sua lentidão de cozinhar.

Onde também podemos fazer muitos cozinhados lentamente, é na MFP. Demora mas faz uns doces e estufados ou assados espetaculares.

Beijinhos, obrigada pela visita e pela dica da manteiga de amendoim nas fatias de maçã :-)

Soraya said...

Rute,
obrigada pela visita. Vou tentar colocar mais algumas receitas feitas na slow-cooker (apesar de eu a utilizar mais no Inverno), porque por cá ainda é muito desconhecida, mas é um aparelho com imensas potencialidades.

Vanda said...

Soraya,
Parabéns pelo blog. Descobri-o hoje.
Diz-me 1 coisa: a tua panela continua a bombar? E continuas satisfeita?
Obgda.